Employer Branding: Conheça essa estratégia

O termo Employer Branding quer dizer “Marca empregadora”, ou seja é quando a empresa é conhecida pela sua reputação como empregadora.

O termo Employer Branding quer dizer “Marca empregadora”, ou seja é quando a empresa é conhecida pela sua reputação como empregadora. Quando ela desperta nos potenciais talentos do mercado o desejo de fazer parte daquela equipe.

Muitas estratégias são utilizadas pelas empresas quando se trata de destacar a marca no mercado. Sendo assim, uma dessas estratégia é o Employer Branding, que em outras palavras, é tornar a empresa uma referência no mercado como um “ótimo lugar para se trabalhar”.

Através dela é possível apresentar a cultura da sua empresa para o mercado, atraindo novos talentos que possuam perspectivas e valores condizentes com sua cultura da sua empresa. Além de oportunizar melhores negócios.

Como ser reconhecida pelo Employer Branding

Uma mesa, com um colaborador com computador e café.
O Employer Branding depende do engajamento de seus colaboradores

Por isso, muitas empresas vem investindo nessa ferramenta como uma forma eficaz de captar talentos no mercado. Mas o maior investimento que sua empresa pode realizar para o Employer Branding é em seu material humano.

Os colaboradores são os principais divulgadores de uma empresa. Trabalhadores motivados e satisfeitos ajudam a atrair potenciais novos colaboradores e consequentemente talentos.

Segundo Chiavenato (2009, p; 154):

“A organização somente se desenvolve a partir do desenvolvimento de seus funcionários e colaboradores. Entre todos os vários recursos organizacionais, os únicos capazes de auto direção e de desenvolvimento são os recursos humanos. São recursos vivos e como tal têm enorme aptidão para o crescimento e desenvolvimento.”

Por isso o planejamento estratégico da empresa deve estar atento a fatores que contribuem para enaltecer o sentimento de pertencimento dos colaboradores em busca do título de marca empregadora. 

Vejamos alguns desses fatores:

  • Reconhecer os esforços dos seus colaboradores, e não apenas a obtenção de resultados;
  • Oferecer oportunidades de crescimento profissional
  • Proporcionar ao colaborador equilíbrio entre a vida pessoal e profissional
  • Manter um modelo de gestão que favoreça o desenvolvimento de talentos
  • Manter bons índices de clima organizacional

Além disso é importante que a empresa tenha clareza de como é vista pelos seus colaboradores. Então, será que a sua empresa é onde eles querem estar no futuro?

Veja que aplicar o Employer Branding não é tarefa fácil, pelo contrário, é um trabalho minucioso e constante que necessita de muito planejamento e esforço coletivo, além da manutenção diária. 

Como o Employer Branding pode auxiliar na retenção de talentos

Um dos grandes desafios atuais do setor de gestão de pessoas é conseguir reter talentos na organização. Atualmente não basta atrair bons profissionais é necessário que eles queiram ficar na empresa.

Ter uma folha de pagamento alta já não é garantia, é preciso ir além, as empresa precisam despertar o sentimento de pertencimento do colaborador, o desejo de realmente “vestir a camisa” e “Fazer parte”.

O Employer Branding quando aliado a políticas adequadas de gestão de pessoas, pode ser um grande aliado neste desafio, afinal, o que todo profissional deseja é trabalhar em uma empresa que lhe ofereça oportunidades e reconhecimento.

Desenvolvendo Talentos através do Employer Branding

Outro fator importante para que sua empresa consiga reter e manter talentos é oportunizar o crescimento interno dos colaboradores, a contratação de estagiários e trainees é uma excelente forma de captação de bons profissionais.

Os estagiários são jovens, são energéticos, motivados, com alto desejo de desenvolvimento. Absorverem os valores e cultura da empresa desde o início da sua carreira profissional, favorecendo o processo de crescimento profissional.

A contratação de profissionais em estágio, pode ser uma excelente oportunidade para que a empresa possa avaliar e selecionar os mais aptos para uma possível efetivação.

Placas de post it e uma escada com uma moça. Representando novos talentos.
Investir em talentos, é fundamental para montar uma equipe vencedora

Vejamos algumas vantagens na contratação de estagiários

  • Custam menos as empresa: A empresa irá pagar menos do que ao contratar um profissional com experiência, que poderá se desenvolvido gradativamente de acordo com os valores da empresa.
  • Visão inovadora: Estagiários geralmente entram no mercado com uma visão inovadora, trazendo novas soluções para problemas já existentes na empresa.
  • Demonstram entusiasmo e vontade de aprender: Os estagiários normalmente tem um grande desejo de se desenvolverem e estão sempre dispostos a aprender coisas novas;
  • São assegurados por lei: São amparados pela Lei 11.788/2008, o que dá maior segurança ao empregador.

Para transformar um estagiário em um talento, é essencial que antes da contratação sejam analisados os setores onde existe a possibilidade de inclusão destes profissionais, para que eles realmente agreguem valor a organização.

Novamente o Employer Branding pode auxiliar a atrair esses possíveis estagiários para sua empresa, uma vez que as novas gerações cada vez mais conectadas e antenadas, sabem muito bem o que querem e onde desejam trabalhar.

Dicas para se tornar uma marca empregadora

Contudo tornar-se uma marca empregadora, não é uma tarefa tão simples é necessário muito esforço e ações alinhadas estrategicamente. Para lhe ajudar a compreender melhor, veja nossas dicas:

  1. Acredite no seu potencial – O primeiro passo é saber do que sua marca é capaz e confiar nesse potencial. Sua empresa tem alguma coisa que a destaca das demais da categoria? Invista nos pontos altos do seu negócio.
  2. Escolha um diferencial – Em todo segmento sempre existem muitos concorrentes, então para sair na frente é preciso que sua marca tenha um diferencial, descubra, qual é o seu.
  3. Faça endomarketing Seus colaboradores são seus melhores incentivadores, aplique políticas que fortaleçam o sentimento de pertencimento interno. Assim terá divulgadores muito comprometidos com o seu negócio.
  4. Divulgue sua marca – Toda divulgação é bem vinda, lembre-se de investir em estratégias como marketing digital, marketing de conteúdo e outros meios para colocar sua marca no radar.
  5. Seja perseverante – Nem tudo acontece de primeira, é preciso muita perseverança e boas estratégias para colocar o seu negócio no mapa das marcas empregadoras.

Posicionar a empresa no mercado de forma única e verdadeira é uma excelente forma de fazer com que a sociedade reconheça o propósito da marca empregadora, atraindo profissionais que realmente se identifiquem com a cultura da organização.

Então o que achou deste tema, acha que pode ser útil para posicionar a sua marca no mercado? Se tiver interesse em saber mais, entre em contato conosco, nossa equipe estará a disposição para lhe auxiliar.

Imagem: Escritório, Talentos.

Sandro Herek

  • Executivo e Empreendedor com quase 30 anos de experiencia em Soluções para Internet, Marketing Online e Offline.
  • Fundador da LinkWell em 1992
  • Fundador do primeiro guia de Buscas do Brasil – GuiaWEB em 1995
  • Fundador da Media Virtual, empresa dedicada a comercializar anuncios na internet em 1997
  • Fundador da primeira Franquia de Soluções para Internet em 2006.
  • Fundador da Virtualnet, empresa americana especializada em marketing em 2015
  • Co-Fundador da Doctorscopic, empresa americana especializada na indústria médica em 2016
  • Fundador da BPO LIST, empresa de gestão de Business Process Outsourcing em 2017