Como anda o gerenciamento de vendas da sua empresa? Esse processo é importante porque coordena a sua capacidade de alcançar as metas com as ferramentas que tem à disposição em seu time comercial.

Por mais que cada empresa, produto e consumidor sejam diferentes, existem passos universais que devem ser seguidos para contar com uma boa estratégia comercial e um gerenciamento de vendas de qualidade.

Ignorar essa postura pode ser prejudicial para os seus resultados, já que impedirá a sua empresa de alcançar todo o potencial comercial que ela tem. Lembre-se de que a ação dos concorrentes não oferecerá tréguas, exigindo de você uma postura sempre estratégica.

Assim sendo, acompanhe nosso post e conheça a seguir os passos fundamentais para fazer o gerenciamento de vendas da sua empresa. confira!

1 – Definição de objetivos e metas

Para que seja possível criar uma estratégia, primeiramente, é necessário saber o que você pretende alcançar. A etapa de definição de objetivos e metas é aquela em que você estabelece KPIs, que são os indicadores capazes de apontar o seu sucesso com precisão.

Aliás, essa é a palavra mais importante ao se falar de objetivos. Não se limite a uma meta vaga e imprecisa. Assim, é necessário que ela seja indiscutível e não possa ser interpretada de diferentes formas.

2 – Entendimento do produto

Para que seja possível ter um bom gerenciamento de vendas, você e sua equipe precisam ter um entendimento aprofundado sobre o produto que está sendo oferecido. Isso vai além de conhecer as suas características, já que também envolve quesitos como quais necessidades do público ele atende.

Aliás, isso fará com que você possa elaborar abordagens cada vez mais persuasivas a respeito dos seus produtos e possa obter resultados cada vez melhores.

3 – Conhecimento do público

Quem é o público consumidor que você pretende atingir com a sua estratégia comercial? Além de compreender o produto, você também precisa conhecer bem o perfil do seu público-alvo, as suas necessidades, motivações e demais características.

Somente assim será possível desenvolver uma estratégia comercial capaz de convencer essas pessoas a respeito do valor do seu produto.

4 – Análise de concorrência

Outrossim, é fundamental olhar para fora da sua empresa e considerar o que os seus concorrentes estão fazendo. As ações deles podem influenciar diretamente a sua capacidade de atingir os objetivos, então não pule esse passo.

Assim, o processo de análise de concorrência deve ser constante. Tenha sempre um tempo reservado para considerar as motivações para as ações dessas empresas e como isso transforma a sua estratégia.

5 – Uso da tecnologia

Diversas atividades do dia a dia já foram aprimoradas com o uso de ferramentas inteligentes e isso também vale para o trabalho de gerenciamento de vendas. Atualmente, é possível delegar uma série de tarefas a softwares para ganhar mais produtividade e eficiência.

Um exemplo disso são as ferramentas de captação de leads, que se encarregam de realizar disparos automáticos de e-mail para seus contatos, dependendo do grau de envolvimento deles com a sua solução. É o caso da RD Station, do HubSpot, do Bulldesk e da Salesforce.

6 – Invista em ferramentas para gerenciamento de vendas

No início de toda empresa, é natural que os fluxos seja mais fáceis de gerenciar em todos os setores inclusive o gerenciamento de vendas. Porém se você deseja ampliar o seu alcance e fazer o seu negócio crescer, com o tempo esse processo acaba ficando mais trabalhoso e difícil de ser realizado manualmente.

Por isso, as ferramentas de gerenciamento tornam-se grandes aliadas, tanto para organizar e gerenciar com maior precisão todas as informações de suas vendas e do seu relacionamento com o cliente, como para otimizar o tempo da sua equipe.

Conheça as principais ferramentas para o gerenciamento de vendas

# Pipedrive:

Com ele, é possível organizar os seus contatos e personalizar suas abordagens com base nas informações deles. A equipe pode automatizar interações, categorizar seus leads, acessar relatórios de desempenho e integrá-lo a outros serviços e aplicativos.

# Asana:

Com essa plataforma, qualquer membro do time pode interagir em seus projetos, criar listas de tarefas e delegá-las para as outras pessoas da equipe. Cada uma dessas tarefas pode ter um prazo, anexos, marcações de acompanhamento e uma série de outros recursos.

# Google Meet:

Possibilita conectar múltiplas pessoas em uma mesma conversa, além de ter alta confiabilidade em sua taxa de transmissão de dados. Conta até com um aplicativo móvel, permitindo a participação até de quem está fora do escritório.

# Intercom:

Essa plataforma possibilita conectar os visitantes do seu site com chatbots capazes de destacar os benefícios do seu produto ou serviço, além de encaminhá-los para os próximos estágios do funil de vendas.

# DocuSign:

Utiliza assinaturas eletrônicas autenticadas para oferecer essa facilidade à sua empresa. Seu uso é simples, podendo ser compreendido por qualquer pessoa. E mais: pode ser integrado ao seu sistema de CRM para otimizar o momento de fechar negócio.

# Agendor:

Esse é um software brasileiro, que oferece ferramentas para um controle comercial de equipes de venda de forma ágil e completa. Inclusive é possível extrair relatórios gerenciais detalhados e ótima usabilidade.

# Salesforce:

O Salesforce é hoje um dos líderes de mercado, sendo que foi a primeira solução na nuvem para gestão de vendas e hoje conta com mais de 100 mil empresas clientes. Com o passar do tempo, se tornou uma ferramenta extremamente completa. No entanto é um pouco complexa para o uso, mas possui site e atendimento em português.

# Zoho:

É uma ferramenta criada na Índia há quase 20 anos, a empresa ganhou o mundo com uma série de softwares bons e relativamente baratos. Traz uma visão completa do ciclo de venda e pipeline. É um software que faz a experiência valer a pena.

Contudo, uma boa estratégia de gerenciamento de vendas é fundamental para qualquer empresa permanecer relevante em seu mercado e alcançar os resultados que deseja. Todo esse processo deve ser constante, ou seja, ser aplicado de maneira contínua e progressivamente aprimorado. Dessa forma, será possível conquistar resultados sempre superiores.

Fique por dentro de mais ideias como essas para alavancar os seus retornos. Siga a nossa página no Facebook!

Deixe uma resposta