Home Office: Um novo cenário para as relações de trabalho

Estamos vivendo uma verdadeira revolução no mercado de trabalho. Onde o Home Office tendem a ser cada vez mais frequente nas empresas.

O home office, ou seja, escritório em casa, já é uma realidade e a tendência é que se amplie a curto prazo. Neste caso o trabalhador tem a possibilidade de trabalhar em casa, por produção, ou projeto. Assim, geralmente o mesmo é remunerado pelas entregas que realiza e não pelo tempo que passa na empresa.

No entanto para que ele ocorra de forma eficiente, é necessário que primeiramente as empresas tenham consciência de que essa modalidade necessita de mais autonomia por parte dos trabalhadores. Além disso, esses por sua vez necessitam de uma rotina organizada e disciplina para cumprir suas atividades.

Vamos conhecer mais sobre essa modalidade de trabalho? Então confira!

Jovem executivo, sentado em um sofá com um notebook, trabalhando em home office.
O Home Office é uma das grandes tendências para o mercado de trabalho

O impacto do Home Office no mercado de trabalho

As mudanças aceleradas nas tecnologias e processos produtivos ter alterado a forma como entendemos o trabalho. Em um universo onde as organizações buscam cada vez mais produtividade e competitividade, teremos que ter flexibilidade nas relações de trabalho.

Se considerarmos as novas tecnologias e como atualmente é simples ter acesso às informações independentemente do local onde estejamos, esta deverá ser uma tendência cada vez mais presente no mundo do trabalho. Assim o Home Office deverá ser uma das principais tendências organizacionais para os próximos anos, pela sua flexibilidade e amplitude.

Pesquisas apontam que 92% das empresas do Brasil hoje, pretendem ampliar a política de mobilidade no trabalho para os trabalhadores, e que 24% delas acreditam que essa prática trará transformações para os negócios nos próximos anos.  A mobilidade melhora a qualidade de vida do trabalhador, uma vez que este pode passar mais tempo em casa, diminui o tempo de deslocamento, trânsito e congestionamentos, principalmente em grandes cidades.

A Mobilidade no Trabalho

Além disso, o advento da mobilidade digital, possibilita um acesso globalizado ao trabalho. É possível hoje ter acesso a diversas ferramentas digitais, e oportunidade de negócio através da internet, por exemplo.

Isso faz com que a distância física passe a ser irrelevante. Muitas empresas que apostaram em vendas online e processos digitais, vem ganhado cada vez mais espaço. Além disso, através do home office, essas empresas tem a possibilidade de buscar profissionais qualificados para desempenhar funções em qualquer lugar do pais, ou mesmo no exterior, captando os melhores talentos do mercado.

Além de facilitar as relações de trabalho, esse processo melhora as entregar realizadas, uma vez que amplia a possibilidade de encontrar profissionais com o perfil desejado para a empresa.

Assim, as fronteiras geográficas passam a ser insignificantes. Sendo que, é possível conectar profissionais do mundo inteiro em torno de um mesmo projeto, através da internet.

O crescimento do trabalho informal

Outra questão relevante que vem de encontro a opção pelo home office é o crescimento dos trabalhos informais, ou seja, aqueles sem carteira assinada. Muitos trabalhadores que foram afetados pela crise de 2014, optaram em trabalhar de forma autônoma.

Sendo que atualmente no Brasil são milhares de empreendedores autônomos que se reinventaram e vem buscando novas opções no mercado, que não a do contrato CLT. É fácil visualizamos essas questões, basta observarmos o crescimento de motoristas de aplicativos como o Uber e  99, por exemplo.

Muito embora esses casos sejam vistos como preocupantes pela maioria, muito em virtude de o trabalhador informal não possui vínculo empregatício e não está assegurado pelas leis trabalhistas, trabalho informal, tem algumas vantagens, tais como:

  • Possibilidade de obter rendimentos mesmo num quadro geral de desemprego crescente;
  • Melhorar a renda formal;
  • Auto gestão do tempo e possibilidade de se dedicar a outros projetos de vida.
  • Possibilidade de ser seu próprio patrão e gerir seus investimentos para o futuro

Home Office em tempos de pandemia

Com a pandemia do novo coronavirus que estamos vivenciando hoje, o home office teve um salto significativo. Isso porque muitas empresas que antes não visualizavam essa estratégia como um a opção viável, se viram com a necessidade de implementar novas opções de trabalho remoto.

Mas é importante ressaltar que trabalhar em casa, não necessariamente é home office. Para que essa modalidade de trabalho funcione de forma eficiente, é necessário que exista um planejamento, e que o trabalhador tenha uma estrutura mínima parra realizar suas atividades.

Nestes tempos de pandemia, o que vemos em muitos casos são trabalhadores que de uma hora para outra precisaram adaptar sua rotina de trabalho em casa. O que em suma, muitas vezes se tornou um desafio gigantesco, visto o despreparo tanto das empresas quanto dos profissionais para essa modalidade.

Mas a realidade é com certeza após a pandemia, muitas destas empresas vão repensar o home office, e melhorar seus processos, sendo que a modalidade tende a continuar crescendo nos próximos anos.

Vantagens do Home Office

Como já falamos muitos trabalhadores em diversos segmentos diferentes, já fizeram a opção pelo home office. Os motivos podem ser os mais variados, mas a verdade é que em sua maioria buscam melhorar a qualidade de vida e dedicar mais tempo a família, diminuir o tempo de deslocamento em grandes cidades e assim por diante.

Mas as vantagens do Home Office vão muito além da qualidade de vida, sendo que podemos citar entre elas:

  • Menos tempo de deslocamento para o trabalho;
  • Horários de trabalho mais flexíveis;
  • Possibilidade de estar mais próximo da família;
  • Aumento na produtividade;
  • Redução de gastos pessoais;
  • Comodidade;

Já no que diz respeito as empresas que optam por essa modalidade de trabalho, podemos citar:

  • Melhora na produtividade dos trabalhadores, com a redução das interrupções no trabalho;
  • Possibilidade de contratação de especialistas, sem a preocupação com a distância geográfica;
  • Menos desperdício de recursos;
  • Melhoria nos produtos e serviços oferecidos e redução de custos;
  • Vantagens fiscais;
  • Economia em encargos sociais;

São muitas as vantagens, mas para que o home office funcione sua empresa necessita estar preparada para assumir as responsabilidades desta modalidade de trabalho.

Então, gostou do nosso post? Quer saber mais? Que tal, conferir também: 5 dicas para seu negócio em época de pandemia.

Imagens: Executivo, Computador.

Sandro Herek

  • Executivo e Empreendedor com quase 30 anos de experiencia em Soluções para Internet, Marketing Online e Offline.
  • Fundador da LinkWell em 1992
  • Fundador do primeiro guia de Buscas do Brasil – GuiaWEB em 1995
  • Fundador da Media Virtual, empresa dedicada a comercializar anuncios na internet em 1997
  • Fundador da primeira Franquia de Soluções para Internet em 2006.
  • Fundador da Virtualnet, empresa americana especializada em marketing em 2015
  • Co-Fundador da Doctorscopic, empresa americana especializada na indústria médica em 2016
  • Fundador da BPO LIST, empresa de gestão de Business Process Outsourcing em 2017