Você já imaginou como suas vendas poderiam ser beneficiadas se fosse possível ler a mente do consumidor e conhecer suas reais dores? Ainda que isso não seja possível, existe um setor da psicologia que pode aproximar os vendedores dessa possibilidade: a psicologia do consumidor.

Em um mercado concorrido e volátil em praticamente todas as áreas e setores, nem sempre é possível alinhar produtos e soluções com as demandas dos consumidores. Isso, por sua vez, pode afetar os lucros e o sucesso das mais diversas empresas. Porém, ao entender mais sobre esse ramo da psicologia, isso pode ser evitado. Continue a leitura e confira!

Foto de um mini em cima de um notebook.

O que é a psicologia do consumidor?

A psicologia do consumidor é um conceito que estuda e analisa a forma como as decisões de consumo são afetadas pela percepção que os consumidores têm de uma marca, produto ou serviço. Ela permite que seja compreendida a maneira como os clientes agem, pensam e compram, aproximando os vendedores de suas dores.

Qual é a importância de conhecer a psicologia do consumidor?

Ao conhecer as áreas analisadas pela psicologia do consumidor, aqueles que visam a oferecer serviços relevantes para seus clientes podem produzir soluções que realmente os atendam. Isso influencia diretamente as suas vendas, aumentando-as e facilitando a fidelização do consumidor à sua marca.

Qual é a relação entre a psicologia do consumidor e o mercado de consumo?

O mercado de consumo atual não busca apenas por produtos a serem comprados. Ele busca por soluções e marcas com as quais possa existir identificação. Isso tem afetado diretamente o posicionamento das empresas e o seu relacionamento com clientes.

Hoje, as marcas buscam conversar de forma direta e objetiva com os consumidores, oferecendo a eles serviços que realmente atendam às suas urgências. Alguns fatores estudados pela psicologia do consumo a fim de promover melhores resultados para os vendedores estão descritos abaixo.

Percepção da marca

O acesso à internet e o uso recorrente de smartphones têm aproximado cada vez mais os consumidores das marcas. Segundo a psicologia do consumo, se sua percepção em relação a uma marca não for positiva, as chances de o cliente voltar a comprar — ou, até mesmo, efetuar sua primeira compra junto a ela diminuem drasticamente.

Otimização nas vendas

A psicologia do consumo permite que estudos diversos sejam feitos em relação ao público-alvo e às personas das marcas, o que faz com que suas vendas sejam otimizadas. Ou seja, isso acontece ao oferecer a eles serviços que se ajustem ao seu perfil, demonstrando autoridade e credibilidade e atendendo às suas necessidades.

Como melhorar o poder de uma marca por meio da psicologia do consumidor?

Sendo assim, sabendo como a psicologia do consumidor impacta o poder de uma marca e otimiza suas vendas, é recomendado que as empresas passem a usar seus conhecimentos para estudar e analisar o perfil de seu público-alvo e das personas. Assim, elas tendem a entender pontualmente quais são as dores de seus consumidores e oferecem soluções voltadas para elas.

Aliado à psicologia do consumidor na busca pela maximização de rendimentos está o marketing de resultados. Ele tem como premissa a mensuração dos retornos de estratégias aplicadas a fim de aumentar as vendas e os lucros, solucionando possíveis gargalos e analisando o que funciona e o que não é interessante para as marcas.

Este post foi útil? Una os conhecimentos da psicologia do consumidor ao marketing de resultados para otimizar ainda mais as suas vendas lendo nosso artigo sobre esse assunto!

Imagens: carrinho,

Deixe uma resposta