Entenda o que é Benchmarking e como posso aplicar em meu negócio

O benchmarking é uma estratégia que visa analisar as melhores ações e iniciativas das empresas, com o intuito de aprimorar os processos, produtos ou serviços. 

Sendo assim, o objetivo do benchmarking é melhorar ainda mais as práticas corporativas para alcançar bons lucros.

Em um mercado cada vez mais competitivo e exigente, o benchmarking tornou-se fundamental para as empresas que desejam se destacar.

 Afinal, é possível ter uma noção maior das campanhas e buscar resultados ainda mais satisfatórios.

Com o avanço do marketing, especialmente no ambiente virtual, uma nova categoria de avaliação ganha contornos: o benchmarking digital. 

Por meio dela é possível analisar campanhas da esfera online, direcionando os investimentos e aumentando a autoridade da marca.

No artigo de hoje, entenda o que é benchmarking e como posso aplicar em meu negócio essa tática de avaliação. Acompanhe a leitura.

Mas, afinal de contas, o que é benchmarking?

Benchmarking significa “ponto de referência”. Em um contexto corporativo, o conceito representa um processo de pesquisa entre empresas do mesmo setor, para a análise dos produtos, serviços e atividades desempenhadas, em comparação com a concorrência.

Durante a avaliação, é preciso levar em conta a mensuração dos dados e análise das informações coletadas, para ter em mãos dados concretos. 

Só assim, é possível visualizar quais ações podem ser direcionadas em prol da empresa.

Para trabalhar com o benchmarking, é necessário identificar quais fatores impactam diretamente a performance da organização. A partir disso, é possível definir as métricas e indicadores (KPIs) para orientação da análise.

Sendo assim, esses pontos servem de referência para que os diferentes departamentos possam desenvolver diferentes iniciativas dentro da sua empresa. 

Por exemplo, as equipes de marketing podem orientar ações de como anunciar no Google Ads de forma mais eficiente.

Quais as vantagens do benchmarking?

O benchmarking pode trazer inúmeras vantagens para as empresas, ainda mais diante da grande quantidade de dados disponibilizados nos dias de hoje.

Entre os principais benefícios da estratégia, destacam-se:

  • Verificar a abordagem das ferramentas de marketing;
  • Identificar as áreas que precisam de melhorias;
  • Descobrir quais são as melhores ações para a sua empresa;
  • Analisar as tendências do mercado;
  • Receber novas referências da concorrência;
  • Criar uma base argumentativa para discutir investimentos.

Além disso, o benchmarking ajuda no desenvolvimento de novas estratégias, planos e habilidades, que podem contribuir significativamente com o crescimento do seu negócio.

Quais são os principais tipos de benchmarking?

Para implementar o benchmarking na sua empresa, é necessário conhecer quais são os principais modelos e como eles podem ajudar o seu negócio. Confira a seguir:

Competitivo

O principal objetivo do benchmarking competitivo é analisar a concorrência, ou seja, o ponto de referência é perceber como o seu negócio disputa diretamente em relação aos concorrentes diretos.

Neste caso, é necessário usar dados oficiais das outras empresas, como faturamento, crescimento e informações públicas.

Genérico

O benchmarking genérico é aplicado quando as empresas adotam processos semelhantes, mas não disputam diretamente. Em certos casos, nem mesmo oferecem o mesmo produto ou serviço.

No entanto, a comparação tem seu valor na hora de encontrar pontos de melhoria. Por exemplo, ações de inbound marketing que deram resultados e podem ser aperfeiçoadas para o seu negócio.

Funcional

No benchmarking funcional a intenção é buscar por ações que ainda não foram aplicadas na sua empresa em outros negócios, mesmo que esses empreendimentos não disputem o mesmo mercado ou atuem no mesmo segmento.

Um exemplo é a gestão financeira, que pode ser aplicada em empresas de diferentes setores. 

Assim, é possível visualizar quais estratégias do departamento financeiro podem ser aplicadas na sua organização ou aprimoradas.

Interno

O benchmarking interno, como o próprio nome sugere, analisa os diferentes departamentos da sua empresa. 

Por exemplo, é possível comparar a atuação das equipes de divulgação em campanhas de marketing de conteúdo, com as áreas de atendimento e vendas.

Assim, os gestores conseguem ter uma ideia do nível de produtividade e os resultados de cada um dos setores da empresa.

De cooperação

Por fim, o benchmarking de cooperação ocorre quando duas empresas firmam uma parceria, com o objetivo de trocar experiências. 

Assim, aumenta-se a chance de melhorar o relacionamento com os clientes e ampliar a atuação no mercado, já que ambas podem crescer juntas.

Conclusão

Com o avanço das tecnologias digitais, podemos ter acesso a inúmeros dados valiosos do mercado, incluindo informações sobre a concorrência e a atuação de cada um dos departamentos internos das empresas.

Nesse sentido, o benchmarking é uma ótima ferramenta de análise, pois através da avaliação de indicativos, os gestores conseguem orientar os melhores investimentos e direcionar as ações, contribuindo para o crescimento e o sucesso dos negócios.

Sandro Herek

  • Executivo e Empreendedor com quase 30 anos de experiencia em Soluções para Internet, Marketing Online e Offline.
  • Fundador da LinkWell em 1992
  • Fundador do primeiro guia de Buscas do Brasil – GuiaWEB em 1995
  • Fundador da Media Virtual, empresa dedicada a comercializar anuncios na internet em 1997
  • Fundador da primeira Franquia de Soluções para Internet em 2006.
  • Fundador da Virtualnet, empresa americana especializada em marketing em 2015
  • Co-Fundador da Doctorscopic, empresa americana especializada na indústria médica em 2016
  • Fundador da BPO LIST, empresa de gestão de Business Process Outsourcing em 2017