Saiba como o e-mail marketing pode auxiliar na retenção de clientes

A retenção de clientes contribui imensamente para o seu sucesso. Converter quem já consumiu seu produto é bem mais fácil do que captar um novo cliente.

Além de ser capaz de atrair novos clientes, a sua empresa também precisa conseguir mantê-los em contato e consumindo as suas ofertas. Essa tarefa se torna mais simples ao usar uma ferramenta bastante poderosa o e-mail marketing pode auxiliar na retenção de clientes.

Reter clientes contribui imensamente para o seu sucesso. Converter quem já consumiu seu produto antes é bem mais fácil do que captar um novo cliente, além de envolver menos esforços. No entanto, essa medida requer uma abordagem estratégica diferente.

Veja, a seguir, algumas formas de como o e-mail marketing pode auxiliar na retenção de clientes. Acompanhe a leitura!

Conversa entre três pessoas, estão conversando sobre retenção de clientes.

Entenda a jornada de compra

Para que a sua estratégia de e-mail marketing com foco em retenção de clientes tenha sucesso. Então você precisa entender o caminho percorrido por essas pessoas até a compra do seu produto e o que acontece depois disso.

Ao imaginar essa jornada de compra e as motivações que levam seu cliente a avançar, é possível planejar os gatilhos certos para utilizar o e-mail como uma ferramenta de fidelização. Isso contribuirá para a sua capacidade de persuadir sua audiência.

Incentive a interação dos destinatários

Já se foi o tempo de disparar e-mail marketing com remetente “não responda”. Hoje, se você quiser contribuir para a sua retenção de clientes, é preciso incentivar a interação do público. Então faça perguntas, peça a opinião do destinatário e, o mais importante de tudo, responda a essas interações.

Isso fará com que a sua marca ganhe uma voz mais próxima dessa audiência, algo essencial para a fidelização dela. Portanto lembre-se de que essa valorização da interatividade deve ser espalhada por todos os seus canais de comunicação.

Envie um conteúdo que gere interesse

Na disputa pela atenção e pela preferência do público, é preciso acertar em cheio na escolha do conteúdo enviado via e-mail marketing. O primeiro passo é conhecer bem o perfil do seu público e os fatores de motivação dele. É a partir daí que você deve começar a planejar sua abordagem.

Por exemplo, um público que gosta de promoções e cupons de desconto dificilmente ignorará um e-mail que toda semana traz esses benefícios. Os seus disparos precisam ser atrativos, seja pela oferta que trazem, seja pela qualidade do conteúdo informativo.

Pessoa mexendo em um notebook.

Faça envios nos dias e horários certos

Um dos principais benefícios do e-mail marketing é poder acessar a sua audiência de forma instantânea, como é o caso do acesso à caixa de entrada via smartphone. No entanto, se o seu público estiver indisponível, as chances de ganhar a atenção dele acabam diminuindo.

É por isso que parte do seu planejamento deve levar em consideração os hábitos e a disponibilidade da audiência. Considere os dias e horários em que há mais chances de ganhar a atenção dessas pessoas por meio de testes e escolha as datas mais estratégicas.

Portanto o envio de e-mail marketing pode contribuir imensamente para os resultados de visibilidade e conversão da sua empresa. Então tendo a retenção de clientes como foco, é possível usar o envio de e-mails estratégicos para manter o seu público em contato com as suas ofertas.

Enfim, ficar por dentro das últimas tendências e estratégias do meio digital é fundamental para acertar nas suas ações. Então cadastre o seu e-mail no blog e comece a receber as nossas novidades diretamente em sua caixa de entrada.

Imagens: Conversa, notebook.

Sandro Herek

Executivo e Empreendedor com 27 anos de experiencia em Soluções para Internet, Marketing Online e Offline.
Fundador da LinkWell em 1992
Fundador do primeiro guia de Buscas do Brasil – GuiaWEB em 1995
Fundador da Media Virtual, empresa dedicada a comercializar anuncios na internet em 1997
Fundador da primeira Franquia de Soluções para Internet em 2006.
Fundador da Virtualnet, empresa americana especializada em marketing em 2015
Co-Fundador da Doctorscopic, empresa americana especializada na indústria médica em 2016
Fundador da BPO LIST, empresa de gestão de Business Process Outsourcing em 2017