Como definir seu público alvo e sua persona?

A persona é uma dos principais elementos para qualquer empresa que deseje se aventurar no marketing digital. Veja a seguir como construir a sua!

O mercado digital está cada vez mais competitivo e para alcançar os clientes que seu negócio necessita e precisa, a definição de um perfil adequado é fundamental.

Você já ouviu a frase “Para quem não sabe onde vai, qualquer caminho serve”. pois bem, no marketing também é assim. Se você não definir claramente o que deseja fazer com sua campanha digital vai perder o foco e perder oportunidades.

Por isso definir com precisão sua persona é fundamental. Mas antes precisamos definir o nosso público alvo que também é fundamental em todas as ações de marketing digital.

Quer entender melhor? Então fica comigo e confira!

Persona e público alvo

O que é público Alvo e como definir?

Em se tratando de público, precisamos ter em mente que não dá para atingir a todos. Por isso você precisa escolher o seu mercado e focar nele. Assim você pode ter mais de um público dentro da sua empresa e ter serviços e produtos direcionados para cada um deles. Mas se você está começando agora ou está reestruturando sua empresa, sugiro ter um único público para focar suas energias.

Faça uma pesquisa de mercado, analise o cenário em que deseja atuar. Isso não significa que você vá deixar de atender outros públicos, mas o seu foco será direcionado e suas ações serão mais assertivas.

Passo a passo para definição de público alvo

Veja agora o passo a passo para definir seu público alvo:

# Passo 01: Olhe o mercado e os consumidores e veja onde você quer se inserir.

# Passo 02: Delimite o seu público desejado majoritário. Se você já está a mais tempo no mercado, já deve ter um público específico, que compra os seus serviços. Você pode direcionar para esses consumidos, ou pode optar em focar em outro público.

# Passo 03: Alinhe suas expectativas com o público desejado. A partir do momento que você definiu o público, você precisa alinhar suas expectativas que esse público, por exemplo, frequentar os mesmos lugares, se vestir de acordo, como se mostra nas redes sociais. A sua linguagem tem que ser similar com a do seu público.

# 4 passo: Com base no seu público alvo, crie sua persona. Ela é a imagem do seu cliente ideal, ou seja, uma identidade fictícia que você imagina, que é o seu público alvo ideal. (Idade, psicológico, social, hobbies, etc.,) Todas as suas estratégias são elaboradas pensando na sua persona.

Assim, quando você for criar, anúncios, pacotes, tudo que está relacionado a sua estratégia comercial, você via usar essas informações de referência, desta forma você otimiza suas ações.

O que é persona?

Em suma, Persona é a representação fictícia do cliente ideal de um negócio. Ela é baseada em dados reais sobre comportamento e características demográficas dos clientes, assim como suas histórias pessoais, motivações, objetivos, desafios e preocupações. A persona guia a criação de conteúdo e de Marketing Digital.

Como criar sua persona?

O próximo passo é detalhar o perfil do cliente a partir das respostas obtidas. Com isso, você poderá unificar as informações e elaborar o personagem em um documento a ser disponibilizado para todos na empresa que possam se beneficiar do estudo que você fez.

A persona vai muito além do público alvo, entra no contexto de vida, que tipo de cliente você deseja atrair para o seu negócio? Quais seus gostos pessoais? Suas preferências? Tudo isso deve ser considerado.

Veja os principais itens que podem ser levados em conta na construção da sua persona:

  • Idade;
  • Cargo;
  • Hábitos;
  • Frustrações;
  • Desafios;
  • Crenças;
  • Hobbies;
  • Estilo de vida;
  • Hábitos de compra;
  • Quais mídias preferem;
  • Quem os influencia;
  • Quais tecnologias usa;
  • Onde busca informação;
  • Critérios de decisão na hora da compra;
  • Momento da jornada de compra em que se encontra.

Você pode ter várias personas em seu negócio, mas se está iniciando comece com apenas uma e depois você pode criar outras. Mas lembre-se de ser o mais preciso possível, assim suas chances de acerto são maiores, crie uma proximidade com a sua persona. Ela pode inclusive ter um nome.

Exemplo de criação de persona

Vamos supor que você tenha uma academia de ginástica, ao realizar uma pesquisa interna percebeu que a maioria dos seus clientes são mulheres entre 20 a 30 anos, com um renda média de R$ 4.000,00. Normalmente vão a sua academia de duas a três vezes por semana, gostam de sair com juntas no final do treino e acessar as redes sociais.

Assim poderiamos ter a seguinte persona:

  • Nome: Ana
  • Idade: 25 anos
  • Bairro: Santa Lúcia
  • Renda: R$ 4.000,00
  • Interessada em manter a boa forma, produtos de beleza e cuidados pessoais;
  • Usuária frequente das redes sociais
  • Já concluiu a graduação e está se fixando no mercado de trabalho.

Perceba que podemos incluir outros tópicos sobre estilo de vida e hábitos de consumo em nosso perfil, assim nossa persona fica ainda mais adequada a realidade do seu negócio.

Quais as vantagens de se criar uma persona?

Como já vimos, ter estabelecido seu modelo de persona te permite definir todos os aspectos de suas ações de marketing. Afinal, ela se baseará em resultados reais e informações de clientes já conquistados para definir a melhor forma de atrair novos.

Por exemplo, você entende que seu público tende a abrir mais e-mails enviados entre às 18 e às 22 horas nos dias da semana. Esse dado será incluído na descrição de sua persona, baseando o trabalho de divulgação. Sabendo disso, sua equipe de marketing programa o envio nessa faixa de horário obtendo um maior número de aberturas.

Então gostou do nosso post, talvez você se interesse também em conferir:

Sandro Herek

  • Executivo e Empreendedor com quase 30 anos de experiencia em Soluções para Internet, Marketing Online e Offline.
  • Fundador da LinkWell em 1992
  • Fundador do primeiro guia de Buscas do Brasil – GuiaWEB em 1995
  • Fundador da Media Virtual, empresa dedicada a comercializar anuncios na internet em 1997
  • Fundador da primeira Franquia de Soluções para Internet em 2006.
  • Fundador da Virtualnet, empresa americana especializada em marketing em 2015
  • Co-Fundador da Doctorscopic, empresa americana especializada na indústria médica em 2016
  • Fundador da BPO LIST, empresa de gestão de Business Process Outsourcing em 2017