4 dicas e cuidados que você deve ter com o marketing médico

Marketing Medico - Deseja saber mais sobre o marketing médico, quais são suas vantagens e como usá-lo? Confira este artigo!

Ainda que a medicina não seja vista como uma atividade comercial, a concorrência dentro da área cresce cada dia mais. Isso pede que estratégias de marketing específicas para esse tipo de profissional sejam aplicadas. A essa modalidade, dá-se o nome de marketing médico.

Empregar técnicas relacionadas ao marketing para médicos se torna cada vez mais importante para membros da profissão. Elas ajudam a tornar os profissionais mais conhecidos no mercado, aumentar a visibilidade em relação aos seus serviços e ampliar seu leque de novos clientes.

Deseja saber mais sobre o marketing médico, quais são suas vantagens e como usá-lo? Confira este artigo!

O que é o marketing médico?

Enquanto o marketing, de forma geral, constitui um conjunto de ferramentas de criação, comunicação e valor agregado para público-alvo e persona, o marketing médico segmenta o direcionamento de suas ações para os profissionais da área da saúde e afins.

Em suma, ele diz respeito a soluções voltadas para pacientes e interessados nos serviços que esses profissionais visam a oferecer, tornando-os mais atraentes para seu público. Sua atuação pode ser tanto online quanto offline e traz uma série de benefícios para aqueles que contam com ela. Conheça-os, a seguir.

Quais são as vantagens de utilizar o marketing médico?

O marketing para médicos, especialmente o marketing digital, traz diversos benefícios para esses profissionais, que, assim como quaisquer outros, têm negócios a serem vistos por seu público. Eles precisam de divulgação e de ações que agreguem valor aos serviços oferecidos para seus pacientes. Além disso, pode ser vantajoso:

  • contar com uma das formas de divulgação mais eficientes — o marketing digital;
  • encontrar novos pacientes;
  • fidelizar e melhorar o relacionamento com pacientes antigos;
  • otimizar o crescimento e o sucesso da clínica ou consultório;
  • se diferenciar da concorrência, e muito mais.

Por mais que a medicina seja vista como uma profissão tradicional, cada vez mais pessoas buscam por produtos e serviços por meio de seu smartphone ou notebook. Isso torna fundamental o conhecimento acerca de boas estratégias online de marketing médico. Entenda!

Como fazer marketing médico?

Além de esforços offline, como a divulgação em espaços físicos, é essencial saber como promover boas ações de marketing médico online. Para isso, 4 dicas especiais foram separadas:

1. Criar um site e um blog

O site ou blog é o espaço mais indicado para o médico publicar conteúdos informativos, relevantes para o seu paciente e que demonstrem sua autoridade no assunto. É primordial que a linguagem usada na produção seja objetiva e simples de entender, mas ela deve deixar clara a habilidade do profissional na área em que ele atua.

2. Desenvolver uma identidade visual

O desenvolvimento de uma identidade visual que auxilie no reconhecimento de seus serviços por parte do público também é essencial. Portanto o uso das cores certas, da tipografia mais adequada e dos símbolos que mais representem seus serviços deve ser foco na criação de peças e artes a serem divulgadas para seus pacientes.

3. Utilizar as redes sociais

As redes sociais são excelentes aliadas na hora de divulgar os conteúdos e artes que levam os pacientes até seu site profissional ou blog. Opções como LinkedIn, Faceboook e Instagram devem ser usadas como forma de aproximar o relacionamento entre médico e paciente — com ações voltadas para seu público-alvo e persona.

4. E-mail marketing

Enviar e-mails curtos e objetivos para seus pacientes, seja para informá-los em relação a novos serviços, seja para manter o contato com eles, pode fazer toda a diferença em sua estratégia de marketing médico. Sendo assim essa prática melhora a captação de leads e faz a manutenção do relacionamento entre as partes.

O que pode ser feito e o que não pode perante a legislação?

Finalmente, para aproveitar melhor qualquer estratégia de marketing médico, é fundamental saber o que é ou não permitindo pela legislação. Segundo o Manual de Publicidade Médica do CFM, o profissional não pode:

  • promover seus serviços por meio de artigos técnicos ou entrevistas;
  • fazer uso de fotos e imagens de pacientes para divulgar seus resultados, como no caso de publicações de “antes e depois”;
  • divulgar serviços e habilidades que não tem;
  • estar relacionado a propagandas enganosas;
  • divulgar produtos ligados ao seu nome.

Portanto além dessas restrições, a grande maioria das ações de marketing médico estão autorizadas. Por isso, é importante prestar atenção às dicas que trouxemos e elaborar um trabalho cuidadoso e eficiente para alcançar seus pacientes.

E aí, o que você achou o uso do marketing médico na promoção de profissionais da área? Se você se interessou pelo assunto, não deixe de entrar em contato conosco e de entender ainda mais como essa modalidade de marketing pode elevar os resultados de seu negócio!

Imagens: médico,

Sandro Herek

  • Executivo e Empreendedor com quase 30 anos de experiencia em Soluções para Internet, Marketing Online e Offline.
  • Fundador da LinkWell em 1992
  • Fundador do primeiro guia de Buscas do Brasil – GuiaWEB em 1995
  • Fundador da Media Virtual, empresa dedicada a comercializar anuncios na internet em 1997
  • Fundador da primeira Franquia de Soluções para Internet em 2006.
  • Fundador da Virtualnet, empresa americana especializada em marketing em 2015
  • Co-Fundador da Doctorscopic, empresa americana especializada na indústria médica em 2016
  • Fundador da BPO LIST, empresa de gestão de Business Process Outsourcing em 2017